sexta-feira, 22 de julho de 2016

sábado, 9 de julho de 2016

COMO REALIZAR UMA CERIMÔNIA DE CASAMENTO EVANGÉLICO


ORIENTAÇÕES GERAIS DE COMO REALIZAR UMA CERIMÔNIA DE CASAMENTO EVANGÉLICO

O QUE NÃO É UMA CERIMÔNIA DE CASAMENTOa) Ainda que nela se cultue a Deus, a cerimônia de casamento, em si, não é um culto.b) Ainda que nela haja muitos crentes, a cerimônia de casamento, em si, não é a igreja reunida.c) Ainda que ela seja um momento de felicidade, a cerimônia de casamento, em si, não é uma festa.d) Ainda que ela termine num bom ambiente de amizade, a cerimônia de casamento, em si, não é uma reunião informal.
O QUE É, ENTÃO, UMA CERIMÔNIA DE CASAMENTO?
– 
Melhor perguntando: O que é uma cerimônia de casamento evangélica?
a) É o momento em que o casal sela sua aliança de amor.b) É o momento em que a família, a igreja e a sociedade são solenemente informados do contrato matrimonial que foi celebrando.c) É o momento em que todos, numa só voz, pedem a bênção de Deus sobre o casal.

ORIENTAÇÕES ESPECÍFICAS DE COMO REALIZAR UMA CERIMÔNIA DE CASAMENTO EVANGÉLICO
1. COMBINE TODOS OS DETALHES COM OS NOIVOS   a) O celebrante deve conversar com o casal antes do casamento para inteirar-se da maneira como eles esperam que a cerimônia seja realizada (a ordem de entrada, as músicas que serão tocadas e cantadas, as participações especiais etc.).   b) Se houver algum ponto em que o celebrante não concorda, devido às suas convicções pessoais, deve ser honesto com os noivos e encontrar uma solução. Se não houver acordo, peça, gentilmente, para ser dispensado da tarefa, explicando-lhes os motivos.
2. DOMINE O AMBIENTE    a) Estando tudo acertado, obtenha dos noivos autoridade para ajeitar o ambiente, se for preciso.
    b) Se a cerimônia for realizada num ambiente alternativo, como num restaurante, por exemplo, exija que todas as cadeiras fiquem dispostas em filas, como num ambiente de igreja (jamais permita que sejam colocadas em círculo, pois, nesta posição, as pessoas fatalmente ficarão conversando umas com as outras durante a cerimônia, atrapalhando). Uma ideia bastante eficiente é colocar um aviso em todas as mesas pedindo que a posição das cadeiras sejam mantidas até o final da cerimônia.
    c) Chegue meia-hora antes para verificar o sistema de som, a posição da mesa, do genuflexório etc.
    d) Antes de iniciar a cerimônia, verifique mais uma vez a posição das cadeiras, pois, infelizmente, algumas pessoas parecem ter prazer em tumultuar casamento evangélico. Seja firme neste ponto e em qualquer outro que você perceba que poderá gerar problema.
3. COMO INICIAR A CELEBRAÇÃO?   a) Fique em pé no local onde você irá celebrar a cerimônia.   b) Espere que entrem todos os participantes (padrinhos, crianças, pais, noivo, noiva etc.)   c) Peça que todos os presentes fiquem em pé.   d) Agradeça a presença de todos, em nome dos noivos e das famílias e diga-lhes o objetivo da cerimônia: “Estamos aqui reunidos para pedir a bênção de Deus para este casal”.       Anote o nome dos noivos (para não correr o risco de “dar um branco”).   e) Faça uma oração pedindo a bênção de Deus sobre a cerimônia, para que seja “boa, agradável e perfeita”.   f) Após a oração, leia o texto bíblico escolhido, peça que todos se assentem (exceto os noivos, é claro).
4. FIQUE DENTRO DO ROTEIRO QUE FOI COMBINADO    a) Após a leitura bíblica, geralmente há a apresentação de uma canção ou hino, mas se não houver, siga o roteiro.
    b) Não improvise nada, fique dentro do que foi combinado.
    c) Faça tudo com simplicidade e bom gosto.
    d) Apresente a mensagem que Deus colocou em seu coração.
5. ESCOLHA UMA MENSAGEM APROPRIADA PARA A OCASIÃO    – Evite temas polêmicos.
    – Evite temas teológicos.
    – Evite falar de divórcio.    – Evite mensagens evangelísticas.    – Evite falar demais (se você estiver bem preparado, uma boa mensagem de 10 a 15 minutos será mais que o suficiente).    – Evite falar de você mesmo, da sua família ou do seu casamento.    – Evite ficar dando conselhos sobre vida conjugal (isso deve ser feito nas reuniões com o casal, antes do casamento). 
As mensagens adequadas são aquelas que falam de amor, da alegria de uma vida a dois, da certeza da vitória etc.
6. O MOMENTO DOS VOTOS    Há várias maneiras de se conduzir este momento.    – Alguns noivos fazem seus votos voluntariamente e sem anotações.
    – Outros, trazem seus votos escritos para ler neste momento.
    – No entanto, o mais comum é o celebrante ler os votos para os noivos repetirem.
    – Somente peça para os noivos declararem sozinhos os seus votos matrimoniais se isso foi combinado anteriormente (nada de improvisação em casamentos, pois todos estão ansiosos ou nervosos e improvisações certamente vão dar errado).
    – Leve os votos escritos, de preferência já com o nome completo dos noivos.    – Leia devagar e pausadamente, respeitando os pontos e vírgulas, com a entonação solenemente adequada (ensaiar em casa e pedir para alguém nos corrigir é uma prática muito saudável).    – Ao final de cada voto, garanta que todos ouçam o “SIM” dos noivos. Se um deles falar muito baixo, peça gentilmente para repetir.
MODELO DE VOTOS DE CASAMENTO
OS VOTOS DO NOIVO
         “[Pronuncie o nome completo do noivo]… estás disposto a prometer diante de Deus e de todos aqui presentes a tomar a esta mulher [pronuncie o nome completo da noiva] por tua legítima esposa, para viveres com ela segundo foi ordenado por Deus? Prometes amá-la, honrá-la, consolá-la e conservá-la, tanto na saúde como na enfermidade, na prosperidade como em seus sofrimentos, e te conservares exclusivamente para ela enquanto ambos viverem?”
OS VOTOS DA NOIVA
         “[Pronuncie o nome completo da noiva]… estás disposta a prometer diante de Deus e de todos aqui presentes a tomar a este homem [pronuncie o nome completo do noivo] por teu legítimo esposo, para viveres com ele segundo foi ordenado por Deus? Prometes amá-lo, honrá-lo, consolá-lo e conservá-lo, tanto na saúde como na enfermidade, na prosperidade como em seus sofrimentos, e te conservares exclusivamente para ele enquanto ambos viverem?”

7. 
CERIMÔNIA DA TROCA DAS ALIANÇAS    a) Após os votos, geralmente há a apresentação de uma canção ou hino, mas se não houver, siga o roteiro.

    b) Pegue as alianças (geralmente elas são trazidas por crianças ou pelo noivo) e levante-as para o público ver.
    c) Faça uma brevíssima consideração sobre o significado da aliança. Ex.:
        “Aliança significa aliar-se a algo ou a alguém, intenções de acordo, pacto entre partes, convênios entre pessoas ou nações que buscam objetivos comuns. A Bíblia fala de muitas alianças, especialmente das alianças que Deus fez com a humanidade. Aqui, nesta cerimônia de casamento, estas alianças significam um compromisso voluntário, consciente e responsável estabelecido entre duas pessoas que se amam”.    d) Entregue a aliança da noiva → para o → noivo.
.       – Peça para ele repetir as seguintes palavras, enquanto coloca a aliança na mão dela:

          “Que esta aliança seja o símbolo puro e imutável do nosso amor”.
    e) Entregue a aliança do noivo → para a → noiva.
        – Peça para ela repetir as seguintes palavras, enquanto coloca a aliança na mão dele:
          “Que esta aliança seja o símbolo puro e imutável do nosso amor”.
    f) Se na hora da troca de alianças o fotógrafo não conseguiu uma boa imagem, peça para o casal repetir o gesto.
8. COMO ENCERRAR A CERIMÔNIA    a) Após a troca das Alianças, se for possível, peça para o casal se ajoelhar, convide os pais para se aproximarem, peça para que todos estendam sua mão em direção ao altar e faça uma oração pedindo a bênção de Deus sobre o casal.
    b) Depois que eles ficarem em pé, declare solenemente: “Na qualidade de Ministro do Evangelho, eu vos declaro marido e mulher”.
    c) Espere dois segundos e diga, sorrindo, a frase que todo mundo quer ouvir: “Pode beijar a noiva”.    d) Se o fotógrafo não conseguiu uma boa imagem, peça para o casal repetir o beijo.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

O QUE É AVIVAMENTO

No dicionário Aurélio, avivamento é definido como o ato ou efeito de avivar  tornar mais vivo, mais nítido, cobrar ânimo, ficar intenso.
Mas o que avivamento significa dentro do contexto que vivemos - a igreja de Jesus?

1- Primeiramente o avivamento nos fala de "Retornar"!No Salmo 85:6 lemos: "Não tornarás a vivificar-nos, para que o teu povo se alegre em ti?" Este texto nos indica a idéia da necessidade de uma recuperação. Nos fala de sairmos de um estado de apatia e inércia, para uma vida de alegria e significado. Trás a idéia de um retorno a uma vida que só é experimentada na lembrança do passado 
 distante da realidade presente. Esta vida é possível mas foi perdida em algum lugar da existência da fé.

2- Em segundo lugar nos fala de "Restaurar"!Salmo 126:4
O avivamento restaura verdades. Restaura aquilo que um dia cremos (nossa doutrina), e vivemos (nossa prática), mas que por alguma razão abandonamos ao total desapreço. Portanto o avivamento é uma recuperação daquilo que está esquecido, obscurecido. O avivamento repara o altar da nossa vida. Restaura o nosso fervor, nosso ânimo e nossa paixão pelo Senhor do Reino e pelas coisas do Reino.

3- Em terceiro lugar avivamento nos fala de "Restituir"!Salmo 51:12
É a restituição de um entusiasmo rejuvenescido; de um andar em santidade. O avivamento é a volta de uma vida de credibilidade! Isto é mais que grandes concentrações, mais que "êxtase pentecostal", mais que uma experiência com o sobrenatural, mais ainda do que milhares de pessoas se agregando às Igrejas evangélicas. É mais que o testemunhar das mudanças sociais que ocorrem 
 novos apartamentos, novos carros, novos empregos e novas empresas. "Avivamento é uma operação do Espírito de Deus, entre seu povo". É Deus agindo em sua Igreja. É a volta do culto verdadeiro, da adoração genuína, da contrição de coração. É mais que um ensinar teórico. É a prática  a vida. É o povo pregando o que na vida já fazem!
É esta vida que o avivamento pode restituir!
Que Deus nos ajude a sairmos da "vida morta", e restaure em nós seu altar, restituindo-nos um estilo de vida coerente com o caráter Dele!

sexta-feira, 17 de junho de 2016

A BIBLIA NÃO DIZ ISSO NÃO !
Lendo a Bíblia e ouvindo os pregadores percebe-se que muitas coisas que eles falam, às vezes de maneira emocionada, convicta, são, na realidade, frutos da tradição oral, ou frutos da imaginação deles, mas não da Palavra Escrita. 




Existem no meio evangélico, ensinamentos que são transmitidos há muito, repetidos por gerações de mestres, recebidos por tradição, os quais jamais foram analisados com o cuidado necessário, à luz das Escrituras.
Tente responder as perguntas antes de ler as respostas

Qual a diferença entre o crente e o diabo?

Muito se ouvi dizer que até o diabo é crente, essa afirmação é confirmada em Tiago 2:19. Mas muitos quando pregam costumam aumentar a afirmação dizendo: "Crente até o diabo é, mas ele não obedece". Essa afirmação não condiz com:

Pois ide, ordenou-lhes Jesus. E eles, saindo, passaram para os porcos; e eis que toda a manada se precipitou, despenhadeiro abaixo, para dentro do mar, e nas águas pereceram. (Mateus 8:32)

Mas Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te e sai deste homem. O demônio, depois de o ter lançado por terra no meio de todos, saiu dele sem lhe fazer mal. (Lucas 4:35 )


Estas entre outras passagens deixam claro a obediência do diabo. Então surge a pergunta: Se o diabo crendo e também obedecendo a autoridade de Deus, então qual a diferença entre o crente e o diabo? No meu ponto de vista a diferença é que enquanto o cristão é instruído por Jesus a amar uns aos outros com Ele nos amou, o diabo só sabe odiar tanto a Deus como aos homens.


Maria Madelena foi uma prostituta?
Quando se prega sobre alguém que tenha sido prostituta na bíblia, um dos primeiros nomes que vem a mente é "Maria Madelena", e muitas vezes ouvi pessoas pregando desta forma. Mas onde está escrito que Maria Madalena foi prostituta? Tudo o que a bíblia diz sobre ela é que foi liberta por Jesus de sete demônios:

Havendo ele ressuscitado de manhã cedo no primeiro dia da semana, apareceu primeiro a Maria Madalena, da qual expelira sete demônios. (Marcos 16:9) 

Não há nenhum versículo bíblico afirmando que Maria Madalena tenha sido prostituta.


Quem lavou os pés de Jesus?
Alguns costumam até dizer que Madalena era a prostituta que lavou os pés do Senhor. Mas João deixa bem claro que aquela era a Maria irmã de Lázaro: 

Estava enfermo Lázaro, de Betânia, da aldeia de Maria e de sua irmã Marta. Esta Maria, cujo irmão Lázaro estava enfermo, era a mesma que ungiu com bálsamo o Senhor e lhe enxugou os pés com os seus cabelos. (João 11:1-2)


Quando foi que Paulo caiu do cavalo?
Quantas vezes já ouvimos pregações citando o momento em que Paulo teria caído do cavalo quando teve um encontro com Jesus. Mas onde está escrito que Paulo estava viajando em um cavalo? Em Atos 9 Lucas diz apenas que "Saulo" caiu por terra. Poderia estar a pé ou quem sabe num camelo ou jumento sei lá. Mas afirmar que ele tenha caído de um cavalo é dar um tiro no escuro.



Quantos Magos visitaram Jesus?
Mateus deixou registrado no capítulo 2 que Jesus recebeu a visita de magos vindo do oriente, quem eram eles? Gaspar, Baltazar e Belquior. Isso é o que a tradição católica diz, mas a bíblia não diz o nome nem quantos eram, nem que eles eram reis, nem mesmo que se encontraram com Jesus na manjedoura, pois quando o encontraram, Ele já tinha dois anos.





Entre as dez virgens, quantas dormiram e quantas ficaram acordadas?
Muitos quando se referem à parábola das dez virgens, chamam as virgens néscias de "virgens dorminhocas". Falando sobre as virgens sábias dizem que elas foram aquelas que ficaram despertas à espera do noivo. Isto porém, decorre simplesmente, da leitura superficial que fazem da Bíblia, pois o texto sagrado mostra que o caso foi bem diferente disto. Leia:

"E, tardando o noivo, foram TODAS tomadas de sono, e ADORMECERAM". (Mateus 25:5)


Onde a baleia vomitou Jonas?
Muitos afirmam que o peixe que engoliu Jonas vomitou-o "na praia de Nínive". Dizem também que o povo de Nínive contemplou este espetáculo insólito e, como adoravam ao Deus-peixe imediatamente aceitaram a mensagem de Jonas. Lendo a própria narrativa bíblica, você vai descobrir que tais afirmações não têm qualquer fundamento, por causa dos fatos simples a seguir:

Jonas estava no ventre de um peixe no Mar Mediterrâneo, chamado pelos povos da Antigüidade bíblica de "Mar Grande". Nínive encontrava-se muitos quilômetros para o interior da Assíria, às margens do rio Tigre (veja este mapa), o qual  não tem qualquer comunicação com o mar no qual Jonas e o peixe estavam. Logo depois que Jonas foi vomitado na praia, Deus falou novamente com ele e afirmou algo que só podia ser falado a alguém que tivesse de caminhar bastante, o que realmente aconteceu. Veja os textos e as ênfases:

"E veio a palavra do Senhor SEGUNDA VEZ a Jonas, dizendo: Levanta-te, E VAI (quem vai a algum lugar é porque ainda não está no tal lugar) à grande cidade de Nínive (a descrição demonstra que Jonas ainda nem tinha visto a cidade) e prega contra ela a pregação que eu te disse. E levantou-se Jonas, E FOI A NINIVE (é claro que ainda não estava nela), segundo a palavra do Senhor..." (Jonas3:1-3).

Mais um detalhe, a bíblia não diz que era uma baleia, mas sim um "peixe grande"


O enfermo junto ao poço de Betesda estava paralítico a quanto tempo?
O título que vem antes do Capítulo 5 do quarto evangelho é o seguinte: "Cura dum paralítico de Betesda". Este título não está correto pois em nenhuma parte do texto encontramos o termo"paralítico". Parece até que nem havia paralíticos ali.

O versículo 3 diz que ali "jazia grande multidão de enfermos; cegos, mancos e ressicados, esperando o movimento das águas. Vamos acompanhar a leitura dos versículos 5 a 7:

"E estava ali um homem que havia trinta e oito anos se achava enfermo. E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são? O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me meta no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim".

Ora, se ele era paralítico como afirmou isto: "enquanto eu vou"? A realidade é que ele era apenas um homem enfermo e fraco. Não era paralítico. Talvez você pense que não existe importância em corrigir-se tais erros, porque não importa se ele era paralítico ou tinha qualquer outra enfermidade. Mas, importa e muito, porque ao falarmos das coisas de Deus temos que ser precisos em tudo, em cada detalhe, para evitarmos erros maiores.

Hermeneutica Biblica Basica. regras e Dicas ótimas para voce.


COISAS QUE A BIBLIA NÃO DIZ E QUE MUITOS PREGADORES PREGAM...
1) "A voz do povo é a voz de Deus".  Por incrível que pareça há pregadores que citam essa frase antibíblica (oriunda do latim Vox  populi, vox Dei) como parte integrante da Escrituras. Quando Jesus andou na terra, a opinião do povo a seu respeito era muito variada. Uns consideravam pecador (Jo 9.16 ou endemoninhado (Ma t 12 24) e outros criam que ele é um profeta(Mt 16.13,14),Enquanto isto a voz de Deus ecoava: ”Este é meu filho amado em quem me comprazo” Mt 3.17.

 2) Água mole em pedra dura,tanto bate até que fura” Esse provérbio popular alude a perseverança e a insistência. Conquanto não aparece nas páginas das escrituras, realça a princípio a perseverança na oração ensinado por Jesus (Mt 7.7,8; Lc 18.1-8) Isso porém não nos autoriza a citar a frase como se fosse um versículo inspirado da Palavra de Deus. 

3) Cristo virá. De 2011 não passará” Muitos doutores tem utilizado esse versículo para alertar acerca da iminente volta de Cristo, antes ou durante o ano 2011. Entretanto essa frase é mais um pseudo-versículo bíblico. As palavras de Cristo e dos Apóstolos quanto ao arrebatamento da igreja são mais do que claras:”...........daquele dia e hora ninguém sabe...Mt 24.36); Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder At 1.7” ....... Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva 1 Ts 5.1; Mas, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos, como um dia.2 Pe 3.8.  
 4)”Deus cegou o entendimento dos incrédulos” De acordo com a Bíblia Sagrada, não foi Deus quem cegou o entendimento do incrédulos mas, sim, o diabo, o deus deste século; anos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que não lhes resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. 2 Co 4.4. Conseqüentemente Deus entrega os homens incrédulos aos seus próprios desejos; E, como eles se não importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convém; Rm 1.28. 

5)” Deus escreve certo em linhas tortas” Essa declaração é equivocada, visto que os caminhos de Deus não são os nossos. Para nós seres limitados, algumas atitudes de Deus podem ser estranhas, mas tudo o que ele faz é perfeito. É um erro dizer que o Senhor escreve certo em linhas tortas,  pois” O caminho de Deus é perfeito Sl 18.30;.......... seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.Rm 12.2 

6) “Diga-me com quem tu andas, e eu te direi quem és” Essa frase também não se encontra textualmente na Escritura, apesar de estar em harmonia com ele:” O homem violento persuade o seu companheiro e guia-o por caminho não bom.Pv 16.29 ; Apega-te à correção e não a largues; guarda-a, porque ela é a tua vida. 14 Não entres na vereda dos ímpios, nem andes pelo caminho dos maus. Pv4.13,14. Não devemos entretanto  empregar a frase em questão no lugar do texto sagrado e inspirado.

7)” Eu venci  o mundo e vós vencereis também” Através da vitória de Cristo, todos os seus seguidores autênticos, nascidos de Deus (1 Jo 5.4), se tornam mais do que vencedores (Rm 8.37) Não obstante as palavras de Jesus ditas em João 16.33 foram apenas:”Tenho-vos dito isto para eu tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom animo, eu venci o mundo ”O complemento e vós vencereis” é um acréscimo ás palavras do Mestre, pratica que ele mesmo proibiu (Ap 22.18)  

8) “Fazei o bem sem olhar a quem”  Essa frase é uma distorção de Galatas 6.10”Então enquanto temos tempo façamos bem a todos, mas principalmente os domésticos da fé”  O Cristianismo deve fazer o bem, pois ele tem a bondade, um dos elementos do fruto do Espírito (Gl 5.22). Mas fazer o bem de “olhos fechados” pode ser perigoso. Existem muitos vigaristas dizendo ser missionários ou pastores. Eles sempre contam casos tristes para aplicar seus golpes, e os irmãos bondosos por não olharem aquém estão ajudando, acabam sendo lesados. Por isso, cabe-nos ajudar as pessoas comprovadamente necessitadas: “Livremente abrirás a tua mão para o teu irmão, para o teu necessitado, e para o teu pobre na tua terra”, Dt 15.11. 
9) “O dinheiro é a raiz de todos os males”. As vezes  por não lerem a Bíblia com atenção, alguns pregadores caem no erro de omitir parte dos versículos bíblicos gerando confusão. O dinheiro é importante precisamos dele para nossa manutenção. O que é errado é pôr o coração nele (Mt6.19-21) É por esse motivo que Paulo não condenou o dinheiro, mas a ganância e a avareza” Porque o amor do dinheiro é a raiz de toda espécie de males”; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. 1 Tm 6.10. 

10)”Quem com ferro fere,será ferido”. Esse provérbio, usado para enfatizar a justiça de Deus, não esta registrado na Bíblia.É  uma deturpação das Palavras de Jesus ditas a Pedro, em Mt 26.52. Então, Jesus disse-lhe: Mete no seu lugar a tua espada, porque todos os que lançarem mão da espada à espada morrerão.. 

11) “Quem dá os pobres empresta a Deus”.Essa frase usada principalmente pelos católicos romanos, já esta nos lábios de alguns evangélicos. Todavia o versículo bíblico que mais se aproxima de tal afirmação é Provérbios 19.17. Ao Senhor empresta o que se compadece do pobre, e ele lhe pagará o seu benefício. 

12) “Quem não vem pelo amor vem pela dor”É verdade que muitas pessoas depois de passarem por uma dolorosa experiência, entendem a vontade de Deus (Dn 4.30-37); At 9. Entretanto isso não é uma regra. Existem pessoas que nem mesmo pela dor se arrependem. Por isso a Palavra de Deus alerta: O homem que muitas vezes repreendido endurece a cerviz será quebrantado de repente sem que haja cura. Pv 29.1. 

13)” Se passares pelo fogo ele não te queimará” Oriunda de hino bastante conhecido, essa frase dá idéia de que nem todos os justos são atribulados. Entretanto vejamos o que a Bíblia diz: Is 43.2 Quando passares pelas águas, estarei contigo, e, quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Note:”se passares” indica que o crente poderá passar pelo fogo, o que não é verdade, biblicamente (At 14.22; confirmando o ânimo dos discípulos, exortando-os a permanecer na fé, pois que por muitas tribulações nos importa entrar no Reino de Deus. 1 Pe 2. 20,21 v 20 Porque que glória será essa, se, pecando, sois esbofeteados e sofreis? Mas, se fazendo o bem, sois afligidos e o sofreis, isso é agradável a Deus. 21Porque para isto sois chamados, pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas, e,quando passares” significa que o crente passará por tribulações, mas o Senhor estará com ele, com aconteceu com José (At 7.9); Gn 39.20,21), Ananias ,Misael e Azarias (Dn 3) Daniel (Dn 6), entre outros. 
14) “Vem a mim como estás”. Jesus recebeu o pecador arrependido na condição em que ele está. Todavia, a frase em questão não esta registrada nos Evangelhos, apesar de ser usada com freqüência pelos pregadores. Em seu lugar, pode-se usar um versículo bíblico autêntico como Mt 11.28. Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Portanto irmãos muito cuidado com algumas pregações.Existem pregadores mal preparados que, ao citarem provérbios populares utilizam  a frase”a Bíblia diz”, com se tais provérbios estivessem registrados nas páginas sagradas. A nossa atitude diante dessas pregações deve ser a mesma dos cristãos de  Beréia: At 17.11Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim

15) Que em Jo 5.39, Jesus mandou que o povo examinasse as Escrituras(...). Não. A forma verbal de Jo 5.39 está no modo indicativo: examinais; e não no imperativo: examinai. Trata-se de uma repreensão de Jesus àquele povo, mostrando que eles eram incoerentes. Eles examinavam as Escrituras e não queriam vir a Jesus, de quem as Escrituras tratavam. Isto era um contra-senso. Ver também em Lc 24.27,44. 

16) Que eram dez talentos , na Parábola dos Talentos, Mt 25.14-30. O homem da parábola distribuiu oito talentos. Por ocasião do acerto de conta entre o dono da terra e seus servos há menção de quinze talentos, por causa dos rendimentos. Nada de dez talentos.... 

17) Que Jesus na sua caminhada para o calvário, caiu sob o peso da cruz. A Bíblia não fala isto; é mais uma influência de tradição romanista. Jesus pode até ter caído, exausto como estava, e sangrando pelo açoitamento e pela coroa de espinhos, mas a Bíblia não declara. Ver Mat 27.31-33; Mc 15.20-22; Lc 23.26-33; Jo 19.16-18; Hb 12.2;  1 Pe 2.24. 

18) Que Paulo caiu do seu cavalo ao chão,  quando Jesus lhe apareceu o caminho perto de Damasco. As referências bíblicas pertinentes não falam nada disso. At 9.1-8; 22.5-11;26.12-16. Paulo e sua comitiva deve ter viajado em carruagem de tração animal, como era comum na época. A cultura desse erro cabe também aos pintores desenhistas e escultores, que mostram tal cena em suas obras, inclusive artistas famosos, mas equivocados. É também o caso do nº 3, já exposto em que os pintores mostram o anjo brandindo uma espada na mão, quando aquele resolvia-se sozinha, por um ato de Deus 


19) Que em 1 Co 7.20,24 a Bíblia ensina que o crente deve manter-se na ocupação em que se encontrava quando aceitou a Cristo. A bíblia esta falando aí, do crente como cidadão do Estado, perante as leis da sua nação (ver v 21); que ele deve continuar dentro do possível, no  estado ou condição social em que se encontrava no momento da sua conversão, mas que sugerindo uma oportunidade propícia, ele deve aproveitar para melhorar a sua condição de cidadão. 

20) Que 1Co 15.29 dá entender que os cristãos de Corinto praticavam o batismo pelos mortos. Não. A Bíblia não esta sancionando aqui esse batismo herético praticado por uma facção anticristã de Corinto. Paulo esta mostrando aqui,  pelo Espírito Santo, a incoerência deles. Se criam na ressurreição dos mortos 1Co 15.12), pra que batizar os vivos para salvar os mortos?  Era uma aberração da parte deles!.

21) Que em 2 Co3.6 a “letra”, isto é, o saber,a cultura,mata. Querem dizer com que a cultura em geral é destrutiva. Ora,em 2 Co 3.6, Letra refere-se à dispensação da lei mosaica. Nada tem a ver  com, o saber, o conhecimento, a educação acadêmica. É bastante ver o verso 7. 

22) Que, segundo Paulo Fp 3.8, a sabedoria humana é comparada a esterco. A referência de Fp 3.8 trata da linhagem judaica e dos privilégios de Paulo, consideradas em relação à sublimidade de Cristo e ás bênçãos do Evangelho. Ver Fp 3.4,6. 

23) Que em Ap 21.9,10 a esposa do Cordeiro” é a Igreja. Ora, trata-se aí a cidade celestial – a Nova Jerusalém de Deus. É só examinar cuidadosamente os capítulos 21 e 22 de Apocalipse. 

24) Que o dinheiro é a raiz de todos os males.  Bíblia nenhuma contém essa afirmação. A única coisa que a Bíblia diz, parecida com isso é, ”o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males”, em 1 Tm 6.10.  

25) Que a Bíblia diz: ”Dá um passo para mim, e eu darei dois pra ti”. Estas palavras são muito agradáveis, mas não são da Bíblia; esta, apenas diz: Chegai-vos a Deus ,e ele se chegará a vós”.

 26) Que devemos ora sempre de olhos fechados. A Bíblia não declara isso; entretanto é uma necessária e sábia atitude do crente ao orar. Orar de olhos fechados é algo automático para o crente, mas não que seja obrigatório. Em determinadas situações você precisa orar e vigiar do olhos abertos. 

27) Que o “selo da promessa” é o batismo com o Espírito Santo, conforme Ef1.13,14;4.30;2 Co 1.22. Muitas outras passagens da Bíblia tratam do Batismo com Espírito Santo, como evidência física do falar noutras Línguas, pelo Espírito Santo, mas as passagens acima,não.  Elas falam da habitação do Espírito Santo nos salvos, como nossa segurança de que somos propriedade de Deus, e como garantia da nossa herança celestial, da qual Deus já nos deu o penhor, que é o Espírito Santo habitandoem Nós. O estudante precisa saber aqui o que era o selo então, como era usado, e para que era usado.        É de grande ajuda aqui, o estudante examinar todas as passagens da Bíblia que trata de selo. 

28) Que Ap 19.9 trata das bodas do Cordeiro. Ap 19.9. Trata da ceia das bodas do Cordeiro. As bodas mesmo estão no v.7. 

29) Que no milênio de Cristo sobre a terra não haverá noite.Não haverá noite na nova terra após o Milênio, quando Deus fizer nova todas as coisas (Ap 21.25;22.5)  O Milênio não é os novos céus e a nova terra. É preciso, pois,  muito cuidado e atenção com o que a Bíblia fala, diz e afirma; do contrário, vamos falar,dizer e afirmar o que Ela não diz


30) Deus não trabalhou no sétimo dia da criação. Trabalhou sim. É somente ver em Gn 2.2ª - E, havendo Deus acabado no dia sétimo a sua obra,(....), 

31) Que a fruta que Adão e Eva comeram no Éden, e assim transgrediram as ordens de Deus, foi a maçã.  Não se sabe que fruta era aquela. A Bíblia não dá o nome da fruta. Ver Gn 3.1-6. 

32) Que um querubim guarda a entrada do Jardim do Éden, com uma espada flamejante, após a queda  de  Adão e Eva.  A  Bíblia não diz quantos querubins eram. Apenas diz “querubins” (Gn3.24). Uma espada inflamada removia-se sozinha pelo poder de Deus, no lado leste do jardim, onde estavam também os querubins (v24).  Pouca gente nota que Adão não queria deixar o jardim; foi preciso lançá-lo fora  “O Senhor Deus, pois o lançou fora do jardim” (v 23). A Bíblia explica as razões disso em  Gn 3.22,23; 2.16,17; 3.6-13.

33) Que antes do Dilúvio não chovia na face da terra.  Isto dizem, tomando por base Gn 2.5,6, ”Porque ainda o Senhor não tinha feito chover sobre a terra(...)” Ora, Gn 2.5 refere-se a terra quando ainda não existia o homem;  este, fora criado por Deus (Gn 1.27), mas ainda não formado por Deus (Gn 2.7,22). 

34) Que Noé levou 120 anos para construir a arca, antes do Dilúvio. Cento e vinte  anos foi o tempo que Deus concedeu de tolerância àquele geração antediluviana, apóstata e decaída. Durante aquele tempo Deus susteve o julgamento do dilúvio, conservando-se com vida aquele povo ímpio. É possível que Noé tenha levado 120 anos para construir a arca, mas não esta explicitamente declarado.  As ferramentas , as técnicas e os artesãos não eram avançados como hoje. 1Pe 3.20 dá entender que Noé levou 120 anos na construção, enquanto anunciava a mensagem de salvação àquele povo. Tudo devido a longanimidade de Deus, conforme diz:1 Pe 3.20. Ver também Mt24.37;Lc 17.26,27;Hb 11.7.

35) Que o gigante Golias foi morto pela pedra que Davi atirou com a sua funda.  A pedra feriu mortalmente o gigante e o derrubou, porém Davi acabou de matá-lo com espada do próprio gigante adversário (1 Sm 17.50,51). 

36) Que a lepra na Bíblia é um símbolo do pecado. Não esta declarado isto na Bíblia, mas pode-se dizer que o é. A lepra mencionada na Bíblia não era tratada pelo médico, e sim pelo sacerdote de Israel, o que expressa a idéia de pecado, uma vez que o sacerdote era um mediador entre o pecador e Deus. Por sua vez, Is 1.6 e Sl 51.7, falam do pecado como uma doença espiritual horrível e destruidora. Ver também Tg 1.14,15; Rm 5.12; 711. 

37)  Que Absalão,filho de Davi, morreu por ter ficado pendurado pelos cabelos numa árvore.Absalão morreu pela mão de um general Joabe, que atirou contra ele três lanças. Seus soldados também feriram. Absalão estava antes vivo, preso pela cabeça, pendurado numa árvore, na mata (2Sm18.9,10,14,15) 

38) Que em Ct 2.1, a” rosa de Sarom” é prefiguração de Jesus, o noivo celestial da igreja. A rosa de Sarom de Ct 2.1 trata-se da noiva falando de si mesma, e não do noivo. Em Ct 1.17, o noivo fala; e  2.1 é a noiva;  em 2.2 é o noivo outra vez.

39) Que as vestes de João Batista o precursor de Jesus, eram feitas de pele de camelo. Eram feitas de pêlo de camelo, isto é, tecidos feitos de pêlo; não de pele ou couro de camelo. Ver Mt 3.4 

40) Que foram três magos que vieram adora o menino Jesus.   A Bíblia não dá o total dos magos, não afirma que eles eram reis, não dá os seus nomes, nem descreve suas raças e cores. Tudo são invencionices e tradições sem fundamento bíblico(Mt 2.1-11).

 41) Que Jesus foi apresentado no templo em Jerusalém no oitavo dia após o seu nascimento. Ele deve ter sido apresentado no templo após 41 dias de nascido, conforme prescrevia a lei em Lv 12.2-4; isto é,33 dias + 7dias +1.  Dizem que ele foi apresentado aos 8 dias devido a referência de Lc 2.21 que fala em “oito dias”. Mas aí trata-se de sua circuncisão, e não a sua apresentação. 

42) Que Jesus açoitou os vendedores cambistas do templo com um azorrague feito de cordas.  A Bíblia não declara que Jesus os açoitou, e sim que os expulsou do templo, juntamente com seus animais e aves(Jo 2.15;Mt 21.2;Mc 11.15;Lc 19.45). 

43) Que o samaritano de Lc 10.30 era bom – O Bom Samaritano.  A Bíblia não diz que ele era bom. Ela descreve, sim, com destaque o seu bom ato de socorrer o viajante que fora assaltado na estrada. O cabeçalho, epígrafe ou título que geralmente antecede Lc 10.25 diz: O Bom Samaritano. Mas isto é posto pelos editores e publicadores da Bíblia; não pertence propriamente o seu texto. De fato, aquele samaritano praticou uma boa ação, mas não esta escrito que ele era bom

Pastor:RAIMUNDO BISPO...